Minha vida anda de pernas para o ar. Nada continua, termina no meio ou no começo. Não estou conseguindo organizar meu tempo quanto mais minhas tarefas e minhas responsabilidades. Parece que os problemas se multiplicaram.

Não consigo escrever direito mais, não consigo mais criar, não consigo resolver direito minhas coisas, não consigo nem mais pensar.

Talvez seja uma TPM, talvez seja realmente uma nuvem preta que parou na minha cabeça e não quer sair mais.

Sempre fui do tipo deixa a vida me levar, mas não está dando mais. Tá na hora de levantar e enfrentar de cara isso. E quem disse que consigo?!

Cansada de problemas, cansada de fins, cansada de ser decepcionada, cansada de ser enganada, simplesmente cansada.

Ok, sei que ficar vendo as coisas passarem não irá resolver. Sei que as latas de leite condensado não irão solucionar e muito menos amenizar tudo isso. E sei mais ainda que ficar parada vendo o tempo passar não vai resolver nada, mas de onde tirar essa tal força?!

Queria uma mudança radical de vida, uma casa nova, um lugar novo, quem sabe um Estado novo. Cansada de tudo isso. Sede de coisas novas, sede de uma vida nova.

Fico procurando a moça forte que existe dentro de mim. A moça forte sumiu. Talvez ela esteja cansada de ser forte. Talvez ela precise de um colo, um abraço e todos os afetos do mundo. Talvez ela precise de pessoas que fiquem.

Sei que ficar reclamando aqui não vai mudar nada. Sei também que o jeito é ir atrás de solução. Isso é apenas um texto de reclamação e desabafo até porque sei que quando finalizar o texto as coisas irão mudar. Vou me organizar, correr atrás dos prejuízos, enfim, darei meus pulos, meus jeitos de arrumar essa bagunça toda. É sempre assim: escrever e tudo melhorar.

Mas de tudo que sei o que mais me importa é: o sol brilha para todos, para todos aqueles que buscam o seu brilho! Tô indo buscar o brilho!

Kelly Mascarenhas